CLIPPING: JORNAL DE HOJE (RN)

Projeto cultural conquista o público potiguar
http://jornaldehoje.com.br/projeto-cultural-conquista-o-publico-potiguar/

Sim, o Circuito Cultural Ribeira está de volta! Com data de início marcada para o segundo domingo de Agosto, dia 12, o Circuito este ano vem com novidades. Uma delas é o edital de ocupação artística que oferece mais de 100 oportunidades para artistas e produtores inscreverem suas propostas de ocupação para os 11 espaços disponíveis no Circuito e ainda para as ruas, travessas e becos da Ribeira.

O projeto terá 8 edições do Circuito entre agosto de 2012 até maio de 2013 (com exceção de janeiro) e tem a estimativa de que mil artistas participem em cerca de 200 atividades que serão realizadas em 13 espaços para cerca de 80 mil pessoas.

“Decidimos democratizar o acesso, através de edital, para que, além dos artistas já consolidados e conhecidos do público, novos artistas possam ter espaço.” disse Henrique Fontes (foto), diretor artístico da Casa da Ribeira.

O edital ficará aberto até o dia 25 de julho, mas os projetos já serão avaliados assim que derem entrada. Desta forma, artistas que desejem se apresentar já em agosto, devem se apressar em preencher a ficha e enviar links de video, tudo online através do site: www.circuitoculturalribeira.com.br

O Segundo ano do Circuito, além da novidade do edital, traz ampliações importantes. Esse ano através da Lei Câmara Cascudo, do Governo do Estado, duas empresas importantes patrocinaram o projeto: A Vivo e a Cosern, possibilitando a realização de 9 edições entre agosto de 2012 e maio de 2013.

“O foco é na continuidade. Não queremos realizar o circuito apenas eventualmente. A idéia é que o Circuito tenha calendário fixo na vida do natalense e dos turistas que passam por aqui.” Disse Anderson Foca, diretor do Centro Cultural DoSol. Foca ainda comentou que a meta é realizar uma virada proponentes do Circuito, a Casa da Ribeira e o DoSol darão entrada com um projeto na Lei Câmara Cascudo ainda este mês.

A programação multicultural tem a missão de reunir na mesma plataforma de gestão, os espaços culturais da Ribeira. A intenção é consolidar o bairro com polo de atração e território criativo. “Daremos uma ajuda de custo às casas de show no valor entre R$ 150 e R$ 500 e o cachê para os artistas será de R$ 500,00”.

O projeto foi inicialmente apresentado à Secretaria Executiva da Lei Câmara Cascudo no valor de R$ 345 mil. A Comissão achou alto o valor e reduziu para R$ 270 mil (80% descontados do ICMS e 20% de recursos próprios das empresas patrocinadoras).

Uma prioridade do Circuito Ribeira este ano é quanto à educação patrimonial. A meta é, a cada edição, realizar seminários, vivências e criar marcos simbólicos para que as pessoas que transitem pela Ribeira em dias de Circuito possam desenvolver um afeto pelo bairro e um desejo de cuidar deste nosso patrimônio.

“Traremos nomes importantes do cenário nacional para falar sobre preservação e uso dos patrimônios históricos e faremos mais ações em parceria com artistas, a exemplo do que foi a lavagem do Beco e as intervenções de grafite do ano passado. As pessoas precisam conhecer a Ribeira para poder amá-la” Disse Edson Silva, diretor comercial da Casa da Ribeira.

Para reforçar a aposta na valorização desta área de patrimônio histórico tombado pelo IPHAN e nas organizações criativas que o Circuito fomenta, os organizadores do Circuito Ribeira estão criando um selo: “Bairro da Ribeira – Território Criativo”, que será lançado já no primeiro evento em agosto.

“A Cidade precisa estar conectada por afetos. Ampliar a percepção do mapa mental de cidade para que as pessoas possam entender que ela precisa estar viva e criativa. Esta é nossa maior aposta.” Disse Gustavo Wanderley – Diretor de Planejamento e projetos da Casa da Ribeira.

Os espaços que já estão confirmados e vão participar do Circuito Cultural Ribeira, são: Casa da Ribeira; Dosol; Espaço à Deriva; Espaço Cultural Gira Dança; Armazém Hall; Central Ribeira Botequim; Atelier Flávio Freitas; Nalva Melo Café Salão; Consulado Bar; Buraco da Catita; Let’s Rock; Cultura Clube; Galpão 29, além de atrações e exposições na rua.

O edital de ocupação artística já está disponível para consulta no site www.circuitoculturalribeira.com.br. O resultado será divulgado dia 30 de julho. Concorrerão os segmentos Música, Artes Cênicas, Performance e Artes Visuais, em seus variados subgêneros. Um curador especialista em cada área fará a seleção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *