Circuito indica: Banda Independente da Ribeira desfila hoje pelo Centro Histórico

Uma das iniciativas pioneiras em defesa da revitalização do bairro, a Banda Independente da Ribeira chega ao seu 17º ano em atividade incentivando o carnaval de rua pelos bairros que integram o Centro Histórico de Natal. Após quatro ensaios no Ateliê Bar e Petiscaria, que acontecem desde janeiro, nesta sexta-feira (6) a Banda toma conta das ruas da cidade para seu tradicional desfile, começando no Beco da Lama, na Cidade Alta. A concentração começa às 18h, com saída marcada para as 19h. O ponto final é a Ribeira, no Ateliê.

banda_indepente_ribeira_1

Quando surgiu, o “Grêmio Recreativo Litero-Etílico Cultural e Esportivo Banda Independente da Ribeira” tinha como proposta principal alimentar o processo de revitalização do bairro frente à possível falta de continuidade administrativa do projeto. A ideia era trazer as pessoas à Ribeira e alimentar a imprensa com divulgações das potencialidades do local, mantendo acesa a chama da revitalização.

“A banda começou há 17 anos, numa reunião de amigos, com Haroldo Maranhão e Leonardo Godoy. O intuito era ajudar na revitalização da Ribeira. A banda tem o objetivo de despertar a população para o patrimônio histórico e cultural da cidade”, conta Petit das Virgens, diretor de imprensa da Banda Independente da Ribeira.

banda_indepente_ribeira_2

“É uma forma de fazer com que as pessoas se aproximem dos prédios históricos, uma maneira de, com o frevo e o carnaval, atrair as pessoas para a importância da conservação do nosso patrimônio histórico”, completa.

Hoje a Banda Independente da Ribeira é composta por 25 músicos e tem como maestro Antônio de Pádua. “Já houve outros dois maestros, Neemias Lopes e Gilberto Cabral”, diz Petit das Virgens.

Desfile

O desfile da Banda parte do Bar de Nazaré, no Beco da Lama, e passa por uma série de pontos históricos: Igrejas Matriz e do Galo, Palácio Potengi (Praça 7 de setembro), Relógio do SESC e Praça Augusto Severo, na Ribeira.

A expectativa da organização é de um público de cerca de oito mil pessoas. As camisetas estão custando R$ 30 no lote à venda nesta sexta-feira e podem ser reservadas pelos telefones 9605.1981 e 9111.1622.

Petit das Virgens ressalta que a compra não é obrigatória, mas é bem-vinda por ajudar a custear o pagamento dos músicos da Banda, a confecção da camiseta e também o trabalho do artista Flávio Freitas, que fez a arte deste ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *